Em Berlim, Feministas anti-Trump apelam ao Islão

Nota: Um canto Islâmico correctamente proferido contém dezenas de palavras complexas que obrigam ao conhecimento profundo da língua Árabe; Como a feminista não sabe Árabe nem conhece cânticos islâmicos pelo natural facto de não ser essa a sua cultura, ela limita-se a reproduzir (E MAL) as palavras Allahu akbar (Deus é o maior) sinalizando que o seu desejo de entrega ao poder externo é muito maior do que o de o conhecer. Vamos recordarmos-nos que a razão pela qual todos no Ocidente reconhecemos estas palavras (as únicas palavras que conhecemos) é porque são aquelas que são proferidas antes dos filhos da puta rebentarem com algumas centenas de inocentes. Vamos recordarmos-nos de que eles já estão na Europa, entre nós, com conivência e aplauso deste bando de rameiras. Vamos recordarmos-nos que amanhã, podemos ser os próximos