Quem disse que ir às putas não era divertido? (II)

Depois do nosso bom Henry Chinasky ter trazido o mais popular texto do nosso blog das profundezas do Fórum GP, cabe-me partilhar o que seráo hipotético segundo lugar.

Tal como dito antes,

O gp-pt é um site onde putanheiros e confrades trocam ideias sobre as putas que visitaram ou pretendem visitar. Fazem-se análises das sessões, trocam-se informação sobre preços, características físicas, veracidade de fotos, respeito e simpatia das moças e claro sobre a qualidade do coito.

O Tópico privado: “Moscavide – Senhora Portuguesa – FUJAM” relata a deslocação de dois confrades a uma prostituta no leste Lisboeta (ou Sul Lourense, como preferirem).  O primeiro, horrorizado das primeiras impressões, não chega a usufruir dos serviços da casa.

 

Se virem um anuncio no CM referindo “Moscavide, senhora portuguesa meiga… por favor… FUJAM!

Ao telefone diz que tem 38 anos e fala “axim” mas suspeitei que tinha mais idade, mas levado pela curiosidade de encontrar uma xenhora lá de xima e pelo preço low-cost de 20€ fui ver o bicho…já que estava por perto de Moscavide.
O local é bastante estranho, entra-se por um portão onde dá a sensação que depois vou entrar numa garagem.
Ainda pensei, “porra… mas que merda de pardieiro é este!… que se lixe”. Toco, o portão range e da escuridão sai algo a dizer (humildemente e simpática) ” Entra meu querido, foi faxil darex com ixto?” … Assim que saio da escuridão e os primeiros raios de luz fracos lhe iluminam e as pupilas dos meus olhos ainda se esforçam para se focarem nela… Eu penso ” Credo, Nossa mãe, balha me Nossa Srª da Agonia… o que é Isto.”
Assim que eu me refaço do choque, a minha reação instintiva foi de dizer algo sem nexo, como “desculpa mas tenho que ir embora já, surgiu um imprevisto, até logo!” C’oorror! Coitada dos Ogres ao pé dela.[schock] É horrorosa. Ainda me enviou um SMS dizendo que não me queria ver mais… Os teus desejos serão cumpridos escrupulosamente, pensei cá para mim.
Melhor era ter ficado em casa a ver um filme de terror dos mais reles.

 

Mas o segundo, de nome skyporco, inadvertidamente arrisca

Ok, não sou esse tal confrade aventureiro.
Admito que não li o forum antes de lá ir.
Enfim, são erros que se pagam caro.

Ao telefone até me pareceu simpática.
Ao chegar ao local sou encaminhado por um local meio estranho, mais parecia uma garagem. Mas que se lixe. Quando a vi ainda pensei que se tratava da madame que me levaria à menina. Paguei 50€, ela pede-me para esperar 2 minutos.

Nem 2 minutos passaram e ela reaparece já meio despida. Fiquei chocado com o que vi e perguntei onde estava a menina. Ela riu-se, saltou para cima de mim, quase me partiu uma costela e mete a sua lingua toda na minha boca.

Ia vomitando…. só consegui que ela saise de cima e perguntei-lhe que merda era aquela, estava á espera de uma rapariga de 30 anos e não um camafeu de alguns 50 mais mal feita que a minha avó de 80. E peço-lhe o dinheiro de volta. Responde-me que já colocou o dinheiro no mealheiro e que quem tem a chave é o Rodrigo.

Mauuuuuuuuuu. Mas quem será esse Rodrigo? No mínimo intimida tal comentário. Vendo a minha cara e sendo ela certamente doida por caralho, ela opta por me acalmar e pede-me para fechar os olhos.

Tira-me as calças e começa a mamar. Epá, nos primeiros 30 segundos confesso que me soube bem e quase que me consegui abstrair do que se tinha passado antes e de quem estava a chupar-me, e ao começar e sentir uma certa erecção, a gaja passa-se e começa literalmente a comer-me a pila. Não é que tenha mordido ou magoado mas foi uma coisa tão violenta e descabida que tirou o prazer todo e a sensibilidade.

Peço-lhe para tirar dali a boca e ela pega num vibrador com alguns 30 cms, com aspecto de não ser lavado há mais de 5 anos e mete na boca como se não houvesse amanha, e depois na rata e depois no cu e depois na boca e eu ali especado a ver aquele espectaculo. Adorava ter visto a minha casa ao espelho….

Pede-me para eu me meter de 4. Diz-me que me quer lamber o cu. Estava tão drogado que acedi. E ai sim…. Ai ela foi divinal. Senti a lingua dela uns bons 5 cm dentro de mim. Peço desculpa aos mais sensiveis ou aos que não curtem botão de rosas mas aquilo foi bom demais.

E foi assim que ela me convenceu a continuar ali.
E é quando tudo descamba para o nível de merda. Literalmente merda.

Mete-se ela de 4 e diz-me: “lambe-me e enrraba-me cabrão”

A visão era medonha mas o botão que ela me fez colocou-me com o pau em riste embora não me sentisse excitado… estranho eu sei.

Não lhe lambi o rabo (graças a Deus) e pedi-lhe um preservativo ao que ela responde, enrraba-me assim mesmo. Recusei claro e ela lá arranjou um preservativo mas ai já estava com cara de poucos amigos.

Meto o preservativo e num só golpe enfio tudo pelo cu adentro. Entrou como faca em manteiga mas depois ela apertou só ela saberá como. Ao fim de 5 bombadas (que até estavam a saber quem nem ginjas apesar da visão medonha que tinha à minha frente) começo a sentir um cheiro inacreditável. Era mau demais. Nauseabundo, pareciam ovos podres. Epá já fodi muita gaja e por vezes vem um cheiro menos agradável, ok, mas aquilo era de acordar os mortos.

Tentei respirar fundo usando a minha tshirt como filtro mas de pouco adiantou, tentei dar mais umas bombadas a ver se me vinha para bazar dali para fora mas ao fim de 1 minuto nem tanto, com ela a gemer que nem uma égua a dar á luz, saquei o meu pau dali e recuei de imediato.

O que se passou a seguir será algo que nunca esquecerei. Ainda estava a recuar e ela de 4 a cagar-se toda no colchão. E não, não foi um acidente em que um bocadinho de cócó caiu depois de sexo anal. Ela fez aquilo com prazer. Simplesmente limpou a tripa toda em cima da sua própria cama enquanto gemia de prazer.

Não disse mais palavra nenhuma, tirei a camisinha da pila com a ajuda de um dodot, vesti-me em meio minuto e bazei dali para fora. Sentei-me no carro e fiquei ali uns bons minutos a tentar perceber porque lá tinha ido, porque tinha ficado e o que tinha acontecido.

Nem que me dessem 50€ eu aceitaria ver aquele espectaculo.

 

Num comentário adiante, explica em detalhe:

Respondendo directamente ao confrade zapater e à sua curiosidade: a mulher / gp / coisa no momento da “explosão” estava e manteve-se sempre de 4. Mal eu retirei o meu pobre pau daquele buraco nojento, ou um segundo depois, ela começa a borrar-se toda em cima da sua própria cama. Durante esse, chamemos-lhe, processo, que terá demorado seguramente meio minuto, ela cagou tudo o que tinha para cagar, limpou a tripa toda como qualquer um de nós faz numa sanita, ao mesmo tempo que grunhia qualquer coisa. Não dava para perceber o que dizia mas estava claramente a ter prazer, não diria que se estava a vir, mas estava a curtir aquilo. E de que maneira. No fundo… alivou-se.

Eu apenas me vesti e observei aquela cena mais ou menos olhando de lado tentando não vomitar. Que eu tenha visto, ela não saiu daquela posição até eu sair da pocilga.

Não lhe disse nada, não reclamei, só bazei.

O que fez depois com aquilo não sei nem quero saber. :smt087

 

Como um dos participantes do fórum explicou, “é para isto que sou putanheiro”

Image result for porcos na lama

 

 

Empreendedorismo RedPill

Os nossos escritos não se pagam. Sob risco de acabarmos na fila do IEFP, temos urgentemente de rentabilizar o nosso site. Mas não será com publicidade, nem com fundos europeus como as (In)Capazes. E se montássemos uma plataforma para apostas?

Image result for bet and win

Vai a primeira aposta:

“Qual a tipologia do homicida de 29 anos que ontem alvejou 15 pessoas na capital do país liderado por Justin Trudeau?”

  • Radical Islâmico
  • InCel

 Game On