Estamos no Minds

Nos comentários ao post Estamos sob ataque, o leitor Mario Figueiredo disse o seguinte:

Não uso o GAB, precisamente por causa da censura externa de que é alvo. O sistema está completamente dependente da plataforma Azure e a Microsoft já ameaçou antes fechar a conta. O problema é que não adianta potenciar tecnologia freespeech, quando estamos a pagar renda ao politicamente correcto.

O Minds depende apenas de si. Substitui o Facebook e o Twitter, permitindo também a monetização de conteúdos. A par do GAB, tem sido um alvo preferencial de dissidentes do YouTube e Facebook, porque combate a censura, violações à privacidade e os mecanismos tradicionais de recolha de informação usados pelas redes sociais.

Vale a pena investigar também.

O Patriarca investigou, a plataforma parece prometedora.

Já temos conta, podem subscrever-nos em @atavolaredondaoficial.

Vamos marcando presença no Gab, também – @atavolaredonda

Veremos o que nos reserva o futuro.

6 comentários em “Estamos no Minds”

  1. Censura de esquerda = censura patrocinada por judeus. Isto é um facto.

    Já viste este video Patriarca?

    Vê essa merda quando poderes, tive ausente ai a fazer uns estudos e isso é só para abrir o apetite ai à rapaziada, tenho muito conteúdo para partilhar no que diz respeito a esta subversão toda de merda que o povo do Ocidente anda a levar em cima.

    Saúde e um bem haja amigos!

  2. Sim, é tudo uma conspiração dos judeus…
    Claro, vamos sair da UE e voltar ao escudo. Nós como povo até temos o discernimento para nos governarmos bem sem as limitações (às parvoíces) impostas pelos outros países-membro, como se viu nos 40 e tal anos a eleger esquerdelhos para nos pastorear.
    Não te trates…

  3. Não é TUDO uma conspiração dos judeus, eu nunca disse isso, mas a tua escolha em atacar algo que eu nunca disse, como um palhaço intelectualmente desonesto é tua. A União Europeia sempre foi um projecto de supremacismo judaico, isto é um FACTO, quer se goste dele ou não.

    E não deixa de ser um facto de que o pai ideológico da União Europeia É o Richard Kalergi, um não-judeu supremacista-judaico, que em 1925 publicou o seu livro “Idealismo Pratico” onde apela ao genocídio de todas as raças não-judaicas através da miscigenação. Isto é um FACTO inegável. Uma excelente compilação de informação acerca deste personagem: http://balder.org/judea/Richard-Coudenhove-Kalergi-Practical-Idealism-Vienna-1925.php
    http://archive.is/kx9r4

    Outro facto é que a subversão judaica É um tema de enorme importância para qualquer pessoa que se interesse pela integridade cultural do Ocidente. Por exemplo, tens noção do peso que as organizações de interesses judaicos tem tido na invasão muçulmana do Ocidente nos últimos anos?
    Verifica isto:

    https://www.youtube.com/watch?v=85BKDj_1vVU

    Esta mulher, Barbara Spectre, líder de um grupo de interesses judaicos está MUITO longe de ser a única pessoa com esse tipo de cargo a promover uma agenda de islamização da Europa e do Ocidente:

    http://archive.is/CUNJu – “British Jews lay groundwork for influx of Syrian refugees”
    Podes ler o artigo todo da imagem aqui: http://archive.is/u3LCT

    http://archive.is/RdkOQ – 1500 rabinos apelam à entrada de mais refugiados na América
    Comfirma a informação da imagem acima aqui: https://archive.is/2q8OT

    http://archive.is/GVcvx – Transcrição das palavras da Barbara Spectre acerca da agenda judaica em mudar drasticamente a demografia Europeia

    http://archive.is/VXFxe – Um ministro da Hungria, judeu, apela à entrada de migrantes económicos em nome de “interesses nacionais”
    Podes ver a origem da imagem acima aqui: http://archive.is/Xi3Ch ; https://archive.is/4gxVp

    http://archive.is/AuZaE – “Rapid worldwide growth for Jewish-Muslim alliance” Mais um artigo acerca da colaboração entre judeus e muçulmanos no Ocidente
    Confirma a origem da imagem acima aqui: http://archive.is/0QBmp

    http://archive.is/pabQE – Um recorte de dois artigos escritos por judeus a apelarem ao genocídio demográfico dos Europeus, os links para os arquivos dos artigos estão na imagem, verifica a sua autenticidade.

    http://archive.is/bJ4vg – “Jews for refugees – Welcome campaign”
    Origem da imagem acima aqui: http://archive.is/yO6x9

    http://archive.is/9uvc9 – “Welcome refugees” um esforço de equipa de dezenas de organizações de interesses judaicos
    Origem da imagem acima aqui: http://archive.is/CB90c

    http://archive.is/qU1kA – Uma compilação de apelos de judeus à entrada de refugiados no Ocidente, com a conclusão inevitável no fim

    E existe um componente religioso nesta problemática, vê isto, um rabbi francês (Rav Touitou) a expressar a sua alegria com a islamização da Europa devido a uma profecia messiânica do judaísmo:

    https://www.youtube.com/watch?v=02Xf0V3uIIQ

    E mais, muitos rabbis e judeus vêem os muçulmanos como aliados pois ao unirem forças politicamente, podem pedir mais direitos para as minorias (de que eles fazem parte):

    https://www.youtube.com/watch?v=wb_4U2UJucE

    Se não consegues perceber a problemática da situação, ou tens um bloqueio emocional em relação ao assunto (para ti os judeus são um “vaca sagrada”), ou então estás a tentar evitar a discussão acerca do assunto por algum motivo pelo qual não vou especular tão pouco.

    A subversão judaica é uma realidade inegável. E não é de agora, passaram cerca de 4000 anos desde que de acordo com a Tora, Abraão fez um pacto com Deus e os judeus se consideram “os escolhidos de Deus”, e os problemas começam logo ai, dado que o judaismo É uma ideologia supremacista.

    Claro está, a subverção judaica não seria possível sem a estúpida colaboração dos não-judeus nos seus esquemas, mas isso não torna a subversão judaica menos importante, nem a sua agenda noutra coisa que não é. E a única maneira de resolver isto pacificamente é falar sobre o assunto abertamente, sem ter medo de pisar nenhuma “vaca sagrada”, pois os judeus NÃO SÃO NENHUMA VACA SAGRADA.

    Não te preocupes, neoliberal perigosamente ingénuo, eu vou publicar conteúdo suficiente acerca do assunto para que possas verificar os factos, e a partir dai pensas o que quiseres, mas já não vais ser enganado por uma falta de informação em relação ao assunto em questão 😉 (tou a entrar contigo, não levo a mal o teu comentário)

    E quanto à tua atitude derrotista acerca das escolhas politicas dos portugueses, amigo, se pensas que somos tão estúpidos quanto está a insinuar e não acreditas que podemos mudar o nosso rumo através de diálogo intelectualmente honesto e procura da verdade, então eu acho que nem sequer vale a pena ires tratar-te, deixa-te morrer afogado em co-miseração e desespero impotente, ou algo do género. Não percebo tal atitude, as coisas são o que são, ou tentamos melhorar a situação, ou ficamos paralisados, e eu não gosto da opção de ficar paralisado. Não me identifico com esse desespero que transmites com essa atitude derrotista. Se achas que os portugueses não merecem soberania, então meu amigo, tu és um vendido, e eu não sei o que te diga a tal coisa.

    Eu podia continuar a dar mais e mais exemplos da subversão judaica no que diz respeito à islamização do Ocidente, mas basicamente vou deixar aqui o mais básico que aprofunda o suficiente o assunto para dar uma introdução ao pessoal acerca do tema no que diz respeito à União Europeia:
    http://archive.is/xzUOQ

    Este assunto é MUITO vasto, mas espero que estes posts sirvam para começar algumas conversas sobre o tema.

    Um abraço!

  4. Vale a pena lembrar que a ideia de sair do Euro e da UE já foi do CDS, já foi do Bloco, já foi do PC e das franjas.
    Mas todos eles, sob a forma de salários europarlamentares ou de subsídios como a Catarina Martins,
    Ganham dinheiro da UE

  5. Bem observado Emrys. Os nossos políticos deixam se vender, e não só se prostituem eles ao projecto Europeus, acabam por vender também a soberania de Portugal junto com as suas peidas traidoras.
    Como dizia o Guterres, outro vendido anti-Europeu e anti-democracia “Vamos dialogar”. (Prova de que o Guterres é um grande traidor e anti-democracia aqui: http://archive.is/TF0wh “New UN Boss Tells Europe Migration Unstoppable, Says Politicians Should Ignore Voters” )
    Acho que é a única maneira de resolver as coisas da melhor forma, sem injustiças para ninguém.

    Um abraço amigos!

Deixar uma resposta