Fertilidade Defraudada

Nem de propósito, o Château Heartiste chamou a atenção para um artigo que é um follow-up perfeito para “Fertilidade Esbanjada“:

The struggle to conceive with frozen eggs

Brigitte Adams became the poster child for freezing your eggs. But things didn’t quite work out how she imagined.
TL;DR – Mulher Forte e Independente™ congela uns óvulos aos 38 anos. Gasta $19.000. Aos 45 ainda não arranjou um alfa que a sacasse do carrocel das piças bom candidato a pai e decide ser mãe sozinha. Os óvulos estavam quase todos estragados, só se aproveitava um. Não pegou.

She remembers screaming like “a wild animal,” throwing books, papers, her laptop — and collapsing to the ground.

“It was one of the worst days of my life. There were so many emotions. I was sad. I was angry. I was ashamed,” she said. “I questioned, ‘Why me?’ ‘What did I do wrong?’ ”

O Patriarca não se vai alongar sobre o assunto. O Heartiste já disse tudo.

Por um lado, estas companhias deviam ser expostas como as fraudes que são. Por outro, estas burras estão desejosas de serem enganadas e esta é simplesmente a resposta do mercado.


P.S. Enquanto procurava a imagem para o cabeçalho do artigo, O Patriarca descobriu que a culpa é dos homens.

7 comentários em “Fertilidade Defraudada”

    1. Talvez. Se a susceptibilidade a este tipo de imbecilidade for genético, sim. Mas as mulheres mais educadas são as mais susceptíveis. Se estivermos a erradicar por exemplo masculinidade feminina, sim. Se estivermos a erradicar as mulheres inteligentes, é uma pena.

      1. Não confundir estudos superiores com inteligência.

        Conheço pessoas inteligentes com qualificações académicas baixas. Já um doutor, regra geral, é um burro carregado de livros.

        1. Reparo pertinente, mas não foi feita tal confusão.

          Estudos superiores não significam inteligência, mas as pessoas mais inteligentes têm mais tendência a seguir estudos superiores.

          Por outro lado, as mulheres mais inteligentes têm tendência a reproduzir-se menos, independentemente de terem estudos superiores ou não.

          Portanto há aqui uma dupla susceptibilidade à “harpização”…

  1. Esquecem-se ainda de uma coisa: mesmo que congelem os óvulos, a gravidez quanto maior é a idade mais factores de risco tem.
    É que é mesmo melhor não procriarem com essa mentalidade…

Deixar uma resposta